segunda-feira, 15 de outubro de 2012

Nada para fazer!

O tédio domina. Nada para fazer;
Cabeça vazia, vontade de beber.
Um único pensamento, bebida!

Levanto da cama, acendo um cigarro e penso em cerveja,
Desajustado, não manipulado, egocêntrico, degenerado.
Os pés suados se mostram preocupados.
A mente em qualquer outro lugar menos onde deveria estar!
Levanto a cabeça, pigarreio, me sirvo de um drink e vou me deitar.

Um comentário:

Zaratustra disse...

Cara, excelente texto! Assim como os outros. Precisa voltar a escrever mais, acompanho sempre e escrevo tbm, me inspiro mto no seu trampo.

Abs!